8

Batman Begins

Sempre que via pais e mães acompanhados de crianças fantasiadas em shoppings ou supermercados, ficava me perguntando se algum dia eu também sairia com meu filho assim.

Aparentemente esse dia chegou.

Agora não tenho mais um filho e uma bebê. Tenho um Batman e uma bebê.

batman!

Ele encarna o personagem e me chama de SENHORA. Não sei da onde tirou essa formalidade toda, mas é muito engraçado de ver.

Além disso, ele é super solícito quando está encarnando o Batman. Posso pedir qualquer coisa.

batman 1

Ele corre para me obedecer, fazendo sons de vôo e bombas e explosões. E volta todo contente com cara de missão cumprida.

O Batman tem sido muito útil também para fazer meu filho realizar as tarefas do dia a dia.

EU: Batman, você pode chamar o meu filho para tomar banho? A banheira já está pronta.

batman 4

Aí ele some no corredor e dez segundos depois reaparece na versão “filho”.

batman 3

Ai meu D’us, e agora? Onde será que o Batman se meteu?

Meu filho me ensinou muitas coisas sobre o Batman nesses últimos dias: Que ele tem outro lugar pra dormir. Não é na cama, é no sofá. E ele dorme com máscara e com capa. O Batman não precisa comer porque é super herói, então nunca tem fome. É mais forte que o mundo inteiro junto. E ajuda as pessoas.

Tudo isso começou quando ele ganhou a máscara e a capa de Batman do meu tio. Ele amou e agora não tira mais.

Aos pais que já passaram por isso, me ajudem com uma questão: algum dia meu filho voltará ao normal? Estou verdadeiramente preocupada..

(e outra coisa, o que o Batman faz exatamente? Ele voa? Tem poderes mágicos? Não entendo nada de super heróis…)