Passeando de carrinho

Ah, que delícia. Passear na rua com nossos carrinhos de bebê. O sol gostoso da manhã, o bebê quietinho apreciando o ar fresco e os sons da rua. Carros, cachorros, passarinhos, pessoas andando. Quando minha bebê completou um mês e eu comecei a sair com ela, notei que andar por aí com carrinho de bebê é algo que chama a atenção e causa as mais diferentes reações nas pessoas.

Então resolvi ilustrar as situações mais interessantes que eu já passei com o carrinho de bebê na rua:

1) PERGUNTA CLÁSSICA

Que mãe nunca passou por isso? A pior coisa é estar andando com seu lindo e gracioso bebê, que você cuidadosamente vestiu, escolheu com todo amor a capa do carrinho, a coberta, os brinquedinhos, e alguém perguntar:

menino ou menina

Tipo… jura? Se as cores (rosa/azul), os acessórios (lacinho/brinquinho/boné) e os brinquedos (borboleta/carrinho) não forem suficientes para definir o sexo do bebê, faça a pergunta de modo mais casual e discreto. Por exemplo: “Como chama??”

2- CONSELHOS E TERRORISMOS

Outro dia eu estava com minha bebê na fila do supermercado e já estava perto da hora do sono dela. Então, como qualquer bebê cansado, ela começou a resmungar. A mulher da minha frente resolveu dar o seu diagnóstico:

axo que é dente

Então ela começou a contar sobre a sobrinha dela, que o dente estava saindo no lugar errado e perfurou toda a parte de dentro da gengiva, e que pelo amor de d’us se eu deveria levar logo no médico para ver.

Se essa situação tivesse acontecido quando meu primeiro filho era bebê e eu era mãe de primeira viagem, eu provavelmente chegaria em casa aos prantos, desesperada, e ligaria para a médica urgente.

Mas, como já sou mãe de segunda viagem, aprendi a não cair em qualquer coisa que dizem (ok, confesso que ainda fico com pulga atrás da orelha e dou uma ‘Googlada’ pra ver qual a probabilidade dessas atrocidades acontecerem. Mas que mãe não faz isso né?)

3- MAIS CONSELHOS NÃO TÃO FOFOS ASSIM:

Pior é quando você tá andando na rua e aparece aquelas pessoas que te aconselho de um jeito um tanto… antipático. E sem medir as proporções.

ta frio nao?Sim, talvez esteja meio frio. Talvez o vento esteja soprando mais forte. Mas ela tá usando roupa de flanela da Carter’s, super quentinha, então não precisa se preocupar. 😛

Mães são inseguras, então cuidado com o que vocês querem dizer.

4- CRIANÇAS PEQUENAS AMAM BRINQUEDOS DE BEBÊ

Meu filho de três anos quando vê um carrinho de bebê cheio de penduricalho adora ir xeretar. Fato. Crianças pequenas amam os brinquedos de bebê que ficam no carrinho, porque são coloridos, barulhentos e chamativos.

toddler butterfly

Confesso que quando meu filho era bebê eu ficava um pouco incomodada quando as crianças mais velhas vinham correndo pegar os brinquedos, mexer, chacoalhar… Não sou fresca, mas vai saber onde elas estavam antes e no que elas estavam mexendo? Mas agora no segundo filho, não me importo mais.

5- PESSOAS QUE FICAM VERDADEIRAMENTE FELIZES

Ou que lembram de coisas boas e sorriem. É contagiante.

Essas são as melhores.

felizes

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s