3

Distrações maternas

Sempre começa com um convite inocente.

FILHO: Mãe, quer assistir meu teatro de playmobil?

EU: Quero filho! Oba!

Nada contra os teatros e shows e afins. Acho super legal e educativo. Mas tenho uma certa dificuldade em prestar atenção em toda a história – que pode chegar a durar horas.

Porque crianças de cinco anos contando histórias causam certas distrações…

MAGICO 11

Ah que legal, história de mágico é novidade.

magico 122Hm… bichos. Preciso comprar tomada de bicho pro quarto das crianças eles tão levando muita picada… Deixo olhar aqui no aplicativo da Onofre se tem.

FILHO: E a girafa caiu do trem e…

MAGICO 454EU: To sim, to sim, desculpa.

FILHO: E aí a rainha do mal…

Que rainha do mal? Ele não tava falando de nenhuma rainha do mal antes. Aliás eles tem aniversário do Frozen essa semana. Preciso comprar presente. E também preciso comprar shampoo pra eles que está acabando.

E por falar em comprar deixa eu fazer uma lista de supermercado rapidinho, tá faltando tudo nessa casa.

,magico 343

Ai é mesmo… o teatro!!

___________________________________________

No fim deu tudo certo. Ouvi mais ou menos a história do mágico dos bichos e da rainha má. Porque minha filha apareceu precisando ir no banheiro duas vezes, o interfone tocou, e eu precisei ajudar um animado grupinho de whatsapp a decidir se uma blusa era bonita para comprar ou não.

Mas meu filho ficou feliz que eu permaneci lá, quase firme e forte, até o fim da história.

2

Em pé de guerra

Acabamos de passar por um momento de guerra aqui em casa.

Guerra mesmo.

Não sei como começou e nem como aconteceu.

De repente, eu comecei a sentir que estou fazendo tudo errado. Será que eu estou educando direito?

De repente parece que eu estou falando grego. Que as crianças não me entendem e que eu não entendo elas.

Eu falo A, meu filho quer B. Eu falo amarelo, ele insiste em no verde. Não sei o que aconteceu, nem como, nem exatamente quando começou.

Mas a vida estava assim:

HORA DE ENTRAR NO BANHO

sitio 1

 

HORA DE SAIR DO BANHO

sitio 2

 

HORA DE DORMIR

SITIO 3

HORA DE ACORDAR

SITIO 4

E assim vai.

Não eram resmungadas bobas do dia a dia. Eram discussões ferozes, regadas de ameaças de ambas as partes (entre as minhas “você não vai poder convidar amiguinho essa semana!!” e as dele “eu vou te acordar a noite!!”)

Sabia que era só uma fase. Que logo iria passar. Mas que fase dura!! E nesse meio tempo, entre tentar me manter calma sem explodir e tentar acalmá-lo, busquei explicações para esse comportamento. Adolescência da primeira infância? Da segunda infância? Volta as aulas? Ansiedade por algum motivo? Não sei que razões podem ser.

E esperei. E tive paciência. E mudei algumas coisas em casa. Minimizei as cobranças.

Mas o mais importante foi o esperar, com calma.

E aí, um belo dia…

SITIO 5

Passou. Com muita paciência e amor, funcionou.

Agora estamos de volta a fase das reclamadas básicas do dia a dia. Nunca imaginei que sentiria falta delas!!

1

Presente de dia dos Pais

Semana passada, véspera de dia dos pais. Sento com os meus filhos para discutir as possíveis opções para o presente desse ano. O que podemos dar? Um sapato? Não.. Um pijama? Já dei ano passado. Um casaco?

Hm. Parece uma ótima ideia, já que eu perdi o casaco que ele adora nas férias de julho. (Não perguntem como. Simplesmente perdi!! Mãe carregada de coisas, um avião lotado, filhos inquietos… enfim. A história fica pra outro post…)

dia dos pais 142

EU: Eu sei que ele tem casaco. Mas eu perdi um casaco dele esse mês e …

FILHO: Ah mãe, não precisa comprar nada. Eu já estou fazendo um presente na escola.

Ah sim. O presente da escola. Esqueci.

EU: Ah é? E o que é o presente?

FILHO: É um copo. Pra tomar café da manhã.

EU: Que bacana filho. E como você tá fazendo ele? Pintando?

FILHO: Sim. Com tinta. É uma sequencia de listras verde- azul – amarela- vermelha

dia dos pais 143

EU: Juntos, filho?

FILHO: Sim! Ele vai gostar. Eu também fiz um cartão de camisa com um monte de corações.

De repente me passa pela cabeça: não posso ensinar meu filho a ser consumista né? Se ele quer dar o presente feito a mão, vamos dar o tal presente feito a mão.

Então esse ano o presente de dia dos pais foi um copo. Ou melhor, uma linda caneca de porcelana pintada a mão. Com um cartão de camisa. E também brigadeiros. E desenhos de “melhor pai do mundo” impressos do google e coloridos pelas crianças.

dia dos pais 145

E é claro, muitos beijos e abraços! E querem saber? Ele adorou. As vezes menos é mais.

(Mas não desisti do casaco. Só adiei um pouco..)

E você? O que ganhou de dia dos pais?

2

Copa com os filhos

Sempre gostei do Brasil em clima de copa do mundo. É uma delícia!! Todo povo naquela vibe de união, comemorando com os amigos, tomando uma cervejinha no bar… Os carros e as ruas em verde e amarelo. Todo mundo comprando figurinhas pra completar o álbum… Deixando de lado as diferenças e torcendo por um bem maior. (Coloquemos as manifestações, as greves e a Dilma em stand by um pouquinho, né??)

Mas depois de me tornar mãe devo confessar que assistir aos jogos com as crianças é uma missão quase impossível. Acho que as mães e pais do Brasil haverão de concordar comigo.

brasil 1

Eles não entendem a importância da situação. Pra eles é como se fosse um dia normal, só que eles estão vestidos de verde e amarelo e os pais tão meio doidinhos.

Meu filho até entende um pouco, assiste alguns minutinhos… mas que criança aguenta ver 90 minutos de jogo??

E é impressionante como a lei de Murphy age com força nessa hora. A vontade deles de ir ao banheiro vem nos momentos mais inoportunos…

brasil 2

É uma beleza!!

Mal posso esperar pelos próximos jogos…

4

Machucados e Dramas

Ontem meu filho saiu da escola com uma animação desigual. Sempre sai empolgado, mas ontem tinha algo a mais. Ele corre na minha direção com os olhinhos arregalados, um quê de preocupação. E diz:

FILHO: Mãe! Mãe!! Olha meu dodói!

Esticando seu braço e levantando a manga do casaco, lá estava um pequenino arranhão. Do tamanho de um clipe de papel.

EU (fazendo a maior cara de preocupação do mundo): Nossa filho, como você fez isso??

FILHO (em tom solene): Na aula de futebol.

Não preciso dizer que o tal machucado se tornou o assunto do carro durante a volta da escola.

dodoi

Chegando na garagem, olhei de novo para o dodói e constatei que não tinha o que fazer. Já estava ótimo, cem por cento cicatrizado.

Mas meu filho ainda estava monotemático.

dodoi2

Então, quando entramos em casa, só para acalmar os ânimos, levei ele até o banheiro. Passei um creme (qualquer coisa serviria. O importante era passar alguma pomada só para ele sentir que a gente deu importância.)

No caso passamos hidratante Johnson mesmo.

Finalizamos o procedimento com um super band aid do Toy Story.

dodoi 3

Apesar de não querer tomar banho para não estragar o curativo, paciente passa bem.

8

Posso comer uma bala?

Era um final de tarde qualquer e nós estávamos em casa, brincando.

Meu filho de repente aparece segurando um saquinho de bala de goma, que estava mal escondido na dispensa, e me pergunta:bala 1

Tadinho. Ele estava tão feliz.. mas ja era quase hora da janta.

Então minha resposta, naturalmente, foi:

 

bala 2

A carinha de tristeza da um aperto no peito. Mas o que fazer? Nem sempre eles podem ter tudo o que querem.

Ele insiste:

bala 3

E eu novamente respondo que não.

Nessa hora, eu aguardo a reação explosiva de sempre. Com direito a lágrimas, a se jogar no chão, etc. Crianças dessa idade costumam ser extremamente escandalosas, como já disse aqui e aqui.

Mas em vez do drama, ele simplesmente me lança um olhar de superioridade e diz:

bala 4

E com isso, vira e vai embora.

Educar é preciso… O que fazer nessa situação?

16

Resoluções para 2014

1- Aprender receitas novas e variadas pra fazer em casa

2- Trabalhar para ser uma mãe cada vez mais PACIENTE e CENTRADA

3- Não comer as coisas que meus filhos deixam no prato. (Mesmo se for muito gostoso)

4- Não pegar salgados em festinhas dizendo que são para os meus filhos quando eu sei que eles não vão comer e quem vai comer sou eu. (AUTO ENGANAÇÃO)

resolucao 1

5– Não comprar mais coisas inúteis achando que elas vão mudar minha vida (como os lenços umidecidos de higienizar chupeta. Nunca usei. )

6- Organizar Manter organizados os brinquedos das crianças (incentivá-los a guardar, mesmo que seja muito mais rápido eu guardar tudo sozinha)

7- Não ficar berrando desesperada quando meus filhos alimentam os carneiros na fazendinha

resolucao 33

8- Ensinar meu filho a nadar URGENTE ***

9- Começar a anotar as pérolas das crianças para não esquecer.

10- Usar menos o whatsapp e o iPhone em geral quando estou com meus filhos (vício horroroso)

E quais as suas resoluções para o ano novo??

feliz2-14